A Maior Ponte Marítima do Mundo é Inaugurada na China

Nesta terça-feira (23), o presidente da China inaugurou a maior ponte marítima do mundo. Xi Jinping, apresentou ao mundo a ponte que irá ligar Hong Kong, Macau e a China continental.

Após longos nove anos de trabalho desde o início da sua construção, em meio a altos custos e críticas. Contudo, há quem via a construção como um “elefante branco”, além dos prejuízos a vida marinha no local e das mortes dos trabalhadores durante a construção.

Benefícios e Custo da Maior Ponte Marítima do Mundo

No entanto, a gigantesca ponte, servirá com o ligação entre a ilha de Lantau, em Hong Kong, Macau e à oeste à cidade de Zhuhai, no Catão.

Maior Ponte Marítima na ChinaA Maior Ponte Marítima na China – BBC.com

A cerimônia de inauguração foi comandada pelo presidente Xi, ao lado dos líderes das cidades que serão interligadas pela ponte. A estrutura de 55 km sob o mar, irá trazer benefícios aos moradores, como citou o vice-primeiro ministro chinês Han Zheng:

” Ela proporcionará aos moradores desses lugares maior troca econômica e comercial, além de melhorar a competitividade do Rio das Pérolas”, afirmou ele.

Os primeiros ministros das cidade de Macau e Hong Kong concordaram que a ponte servirá para “fortalecer ainda mais a integração das três cidades”.

A obra de alto valor, teve o seu custo estimado em US$ 20 bilhões (R$ 73,7 bilhões). Programada para ser entregue em 2016, teve seu cronograma impactado por falta de mão de obra e materiais de construção.

Contudo, o custo foi além do financeiro visto que pelo menos 8 trabalhadores morreram em serviço na construção da ponte.

Veja também Índia Irá Inaugurar Estátua Gigante

Em sua extensão, a ponte tem 30 km construída sobre o delta do Rio das Pérolas. Ainda, 6,7 km mergulha através de um túnel submarino entre ilhas artificiais. Pois assim não impedem o trafego de navios.

O restante são estradas, túneis e viadutos terrestres que interligam as cidades de Hong Kong e Zhuhai à ponte principal.

Porém, os motoristas necessitarão de autorização para trafegar sobre a ponte. Pois o trecho principal do percurso se encontra em sob soberania chinesa.

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *