Bolsonaro em Davos no Fórum Econômico Mundial



O presidente do Brasil, faz uma participação cheias de promessas em um Fórum Econômico Mundial. Bolsonaro em Davos fez um discurso sucinto, sem muitas repetições e direto.



No encontro com líderes de vários países, o presidente brasileiro falou das expectativas econômicas para o Brasil. Compartilhou com os presentes projetos que pretende realizar em seu mandato. Um desses projetos ganhou destaque: incluir o Brasil no “ranking dos 50 melhores países para se fazer negócios”.

Bolsonaro em Davos Discurso Direto na Abertura do Fórum

O presidente Jair Bolsonaro fez discurso na abertura do Fórum diante de líderes de todo o mundo. Ele falou que na oportunidade queria demonstrar para o mundo o “momento único” em que vive o Brasil. Além disso, relatou a situação com que assumiu o país.





“Assumi o Brasil em uma profunda crise ética, moral e econômica.Temos o compromisso de mudar nossa história,” disse. Em sua fala, fez menção a Sérgio Moro, como principal articulador da luta contra a corrupção.

“Aqui entre nós, meu ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, o homem certo para o combate à corrupção e o combate à lavagem de dinheiro.”

Bolsonaro Fala Sobre Turismo, Meio Ambiente e Economia

Além disso, falou sobre as expectativas não somente quanto ao turismo, mas também quanto a preservação do meio ambiente. “… pois somos um dos primeiros países em belezas naturais, mas não estamos entre os 40 destinos turísticos mais visitados do mundo. Conheçam a nossa Amazônia, nossas praias, nossas cidades e nosso Pantanal…”

E completou: “Somos o país que mais preserva o meio ambiente. Nenhum outro país do mundo tem tantas florestas como nós. A agricultura se faz presente em apenas 9% do nosso território e cresce graças a sua tecnologia e à competência do produtor rural. Menos de 20% do nosso solo é dedicado à pecuária.”

Contudo, sobre a economia, Bolsonaro declarou: “Vamos diminuir a carga tributária, simplificar as normas, facilitando a vida de quem deseja produzir, empreender, investir e gerar empregos.Trabalharemos pela estabilidade macroeconômica, respeitando os contratos, privatizando e equilibrando as contas públicas.”

Por fim, encerrou seu discurso com o lema do seu governo: “Deus acima de tudo”

Veja também Posse de Arma 


Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *