Bolsonaro Mantém Liderança nas Pesquisas para Presidente

Uma nova pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República foi divulgada nesta quarta-feira, 26, pelo o instituto IBOPE inteligência. O levantamento realizado entre os dias 22 e 24 deste mês, foi solicitado pelo Confederação Nacional da Indústria (CNI), e revelou que o cenário eleitoral continua estável, com o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na liderança.

De acordo com o levantamento, Bolsonaro continua à frente, tendo oscilado de 28% para 27% das menções, seguido pelo candidato do PT Fernando Haddad, que varia 22% para 21%. Logo após estes candidatos, Ciro Gomes, do PDT, recebe 12% das respostas (tinha 11%); Geraldo Alckmin (PSDB) mantém os mesmos 8%, enquanto Marina Silva (REDE) passa de 5% para 6% das intenções de voto.

Bolsonaro mantém liderança na intenção de votos

“Geraldo Alckmin (PSDB) mantém os mesmos 8%, enquanto Marina Silva (REDE) passa de 5% para 6% das intenções de voto. Os demais candidatos (João Amoêdo, do NOVO, Henrique Meirelles, do MDB, Alvaro Dias, do PODEMOS, Guilherme Boulos, do PSOL, Vera, do PSTU, João Goulart Filho, PPL, Eymael, da DC e Cabo Daciolo, do PATRIOTAS) oscilam dentro da margem de erro e têm até 3% das menções, cada.

Aqueles que têm intenção de votar em branco ou de anular o voto representam 11% da amostra pesquisada e os indecisos são 7% (eram 12% e 7%, respectivamente).”

Conforme dados da pesquisa, Jair Bolsonaro mantém intenções de voto mais acentuadas entre aqueles com renda familiar mensal acima de 5 salários mínimos (S.M.) atingindo 40%; entre os homens e entre os que vivem na região Sul chega a 36%, entre os que têm renda de mais de 2 a 5 S.M., e alcança 35%; entre eleitores de 25 a 34 anos tem 32% e entre os mais escolarizados obtém 31%.

Bolsonaro nas Redes Sociais

Em sua conta oficial no Twitter, Bolsonaro destacou o apoio que vem recebendo nestas eleições das diferentes classes e grupos sociais do país. O candidato declarou que enquanto seus opositores estão divulgando inverdades sobre ele, os problemas sociais do Brasil estão cada vez mais em evidência.

“Enquanto insistem em falácias, rótulos e na fixação pela palavra “ditadura”, são mais de 14 milhões de desempregados, cidadãos reféns em suas próprias casas, 60 mil homicídios e 50 mil mulheres estupradas por ano. É disso que o povo quer saber! É urgente! É daqui pra frente!”, enfatizou Bolsonaro.

Com o lema de campanha eleitoral, “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, Jair Bolsonaro (PSL) vem se destacando nas recentes pesquisas para a presidente da república, estando à frente de seus opositores, marcando uma polarização política entre a direita e a esquerda do país.

“Propomos um governo decente, diferente de tudo aquilo que nos jogou em uma crise ética, moral e fiscal. Um governo sem toma lá-dá-cá, sem acordos espúrios. Um governo formado por pessoas que tenham compromisso com o Brasil e com os brasileiros.

Que atenda aos anseios dos cidadãos e trabalhe pelo que realmente faz a diferença na vida de todos. Um governo que defenda e resgate o bem mais precioso de qualquer cidadão: a Liberdade. Um governo que devolva o país aos seus verdadeiros donos: os brasileiros”, enfatiza Bolsonaro em seu plano de governo.

Fontes: IBOPE, Rede social do candidato e site do candidato

Alinne Souza

Alinne Souza

Sou brasileira, Jornalista, graduada também em Comunicação Social pelo Centro Universitário Estácio de Brasília – FACITEC. Atuo há mais de 4 anos como jornalista para alguns portais e também sou produtora de conteúdo para redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *