Chega a 155 Crianças Afetadas por Doença Rara (AFM) nos EUA

Os casos de crianças infectadas com uma doença rara nos EUA chegam a 155. A mielite flácida aguda (em inglês AFM) é considerada como rara, pois estima-se que atinge 1 pessoa em 1 milhão. Foi comparada a poliomelite, pois causa paralisia dos membros superiores e inferiores, temporária ou permanente.

Constatou-se que na maioria dos casos, a doença tem atingido um público. Pessoas de até 18 anos de idade. Sendo que a média de pessoas infectadas está na faixa de 4 anos. Em pouco tempo, cerca de uma semana, os casos subiram de 66 para 155 de maneira assustadora. E atinge 22 estados americanos.

Principais Causas da Doença Rara (AFM) nos EUA

Sobre as investigações das causas da AFM nos EUA, a Nancy Messonnier, diretora do Centro Nacional de Imunizações e Doenças Respiratórias do CDC, declarou: “O CDC vem investigando ativamente a AFM, testando amostras e monitorando doenças desde 2014. A maioria dos casos ocorre no final do verão e no outono”.

As causas diretas da doença ainda não foram descobertas. Entretanto, consideram-se que distúrbios genéticos, toxinas ambientas ou ainda certos vírus, por exemplo, podem estar ligados ao aparecimento da doença.

Doença Rara (AFM) nos EUA Doença Rara (AFM) nos EUA atinge principalmente crianças – Revista Crescer

“Esta é verdadeiramente uma doença misteriosa. Não sabemos o que está causando nesse aumento. O que sabemos no momento é que o poliovírus e o Vírus do Nilo Ocidental não são a causa”. Concluiu a diretora do CDC.

Veja também Chega a 80 os Casos de Zika 

Em entrevista, Samuel Dominguez do Hospital do Colorado, procurando não alarmar a população declarou: “Essa é uma síndrome relativamente incomum. Então, acho que isso deve ser reconfortante para as pessoas”.

Porém, especialistas orientam que como as causas da doença ainda não foram descobertas, como prevenção as pessoas devem manter uma boa higiene pessoal, evitar picadas de insetos pois podem ser hospedeiros do vírus.

E sobre os sintomas , Messonnier esclareceu: “Sei que muitos pais querem saber a quais sinais e sintomas eles devem ficar atentos. Eles devem procurar atendimento médico imediatamente se a criança desenvolver fraqueza súbita ou perda de tônus muscular nos braços e nas pernas”.

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *