Chega a 80 os Casos de Zika Confirmados na Índia

Chegam a 80 os casos confirmados de contaminação pelo vírus da Zika, no estado de Rajastan, Oeste da Índia. Desses casos, constatou-se que 22 pessoas contaminadas são mulheres grávidas. A doença é especialmente grave neste público, devido a probabilidade de afetar a saúde do feto.

Desde janeiro de 2017, vem ocorrendo registros de casos da doença por todo país. O primeiro registro ocorreu no estado de Gujarat. As equipes de saúde percorrem as cidades com a finalidade de combaterem a doença.

Histórico de Epidemia da Zika

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a Zika foi diagnosticada pela primeira vez em 1947, em macacos na Uganda. A epidemia mais recente foi em 2015, que chegou a se proliferar em 70 países. Tendo mais de 1,5 milhão de pessoas foram diagnosticadas com a doença. A região mais infectada foi a América do Sul.

Zika Vírus Mosquito Aedes Aegypti – Transmissor da Doença Zika Vírus – Minha vida

Hoje em Jaipur (capital da Rajastan) equipes de profissionais da saúde percorrem a cidade com a finalidade de combater o mosquito Aedes. Além de conscientizar a população sobre os riscos da doença.

De acordo com a declaração do ministro da saúde, J P Nadda: “A conscientização é vital no controle de doenças de transmissão vetorial. Faremos todo o possível para informar a população” afirmou ele.

Veja também Propostas de saúde

A Zika é transmitida principalmente pelo mosquito Aedes Aegypti e se prolifera rapidamente em ambiente. Os sintomas mais comuns são febre, dor nas articulações, erupções na pele, conjuntivite. Contudo, mulheres grávidas quando infectadas, a doença pode trazer riscos para a saúde do feto. Tais como microcefalia ou doenças congênitas.

Contudo, a notícia que se tem é que a Organização Mundial da Saúde, declarou que até 2020 nenhuma vacina contra a doença estará disponível. Sendo assim, o combate a doença ficará mesmo por conta da conscientização, cuidados e apoio das equipes de saúde.

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *