Destino do Ministério do Trabalho no Governo de Bolsonaro

Após várias especulações, foi anunciado o destino do Ministério do Trabalho.

Quem fez as declarações foi o futuro ministro da Casa Civil, Onyz Lorenzoni (DEM). Segundo ele serão 22 ministérios ao todo.

Veja também Futuro do Ministério do Trabalho

Destino do Ministério do Trabalho e Suas Atribuições

Após Bolsonaro declarar que o ministério do trabalho não iria acabar, percebe-se que novas estratégias foram traçadas.

Destino do Ministério do TrabalhoMinistério do Trabalho – Tres passos News

Conforme Lorenzoni, as atribuições do ministério serão distribuídas entre os ministérios da Economia, Cidadania e Justiça.

“O atual Ministério do Trabalho como é conhecido ficará uma parte no ministério do doutor [Sergio] Moro, outra parte com Osmar Terra e outra parte com o Paulo Guedes, lá no ministério da Economia, para poder tanto a parte do trabalhador e do empresário dentro do mesmo organograma”, disse.

Além disso, salientou que a parte de fiscalização ficará com Moro:

“A parte de fiscalização vai lá junto para o Moro, se não me falha a memória. A princípio deve ficar também com doutor Moro.”

Ideias da fonte: Yahoo

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *