Eleições – Candidatos a Presidência falam sobre Agressões em Campanha

Nesta quarta feira, 10 de Outubro de 2018, os candidatos a presidência da republica, Jair Messias Bolsonaro do PSL e Fernando Haddad do PT, falaram sobre os atos de violência durante suas campanhas eleitorais. Os dois, obviamente, falaram contra as agressões que chegaram até mesmo em caso de morte como aconteceu na Bahia.

O primeiro turno teve como vencedor o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 46,03% dos votos, Fernando Haddad ficou com 29,28% dos votos válidos. Desde o primeiro turno teve várias denuncias de agressões e violência entre eleitores dos candidatos ao Planalto. As eleições do segundo turno acontecerão dia 28 de Outubro ( domingo).

Candidatos a Presidência falam sobre Agressões em Campanha

O político de 63 anos, Bolsonaro, que também foi vítima das agressões e fanatismo da política escreveu sobre o assunto nas redes sociais:

“Dispensamos voto e qualquer aproximação de quem pratica violência contra eleitores que não votam em mim. A este tipo de gente peço que vote nulo ou na oposição por coerência, e que as autoridades tomem as medidas cabíveis, assim como contra caluniadores que tentam nos prejudicar”, falou o candidato.

Bolsonaro está em repouso em casa, onde passa por avaliações médicas em sua residência, e ainda não tem liberação médica para participar de debates ou fazer campanha. Jair faz campanha política pelas redes sociais.

Resultado de imagem para bolsonaro haddad

Foto: BOL noticias

O candidato do Partido dos Trabalhadores, Fernando Haddad, também se manifestou preocupado com os atos de agressão que tem acontecido. O ex prefeito de São Paulo se manifestou da seguinte forma:

“Estamos conversando com todas as forças que queiram conter a barbárie, que está em escalada no país. Nós temos que botar um fim nessa violência. É demais o que está acontecendo.”

Haddad ainda completou falando das redes sociais:

“Estamos recebendo mensagem de atos de violência em todo o país, alguns chegam à imprensa, outros não, além da continuidade das mentiras pelo WhatsApp e pelo Facebook. Isso precisa parar. Violência não se responde com violência”.

Emanuel Pereira

Emanuel Pereira

Nasci em Minas Gerais, sou estudante, redator, blogueiro e faço teatro. Colaboro com minhas ideias e pensamentos no âmbito da política, esporte e entretenimento, buscando informações verídicas sobre os fatos, citando sempre aquilo que está mais em alta no Brasil e também em outros países...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *