Impactos dos Investimentos em Saúde Mental na Economia Global

Quando falamos de saúde mental, logo pensamos em uma pessoa com esquisitices ou com atitudes duvidosas. Mas através de relatos escritos por um grupos de pesquisadores, vemos o quanto é necessário um investimento a nível mundial nesse assunto.

Esses especialistas chegaram a conclusão que se não houver um investimento adequado nessa área, o prejuízo pode chegar a US$ 16 trilhões na economia global.

Saúde Mental X Investimento

Percebemos que deficiência na saúde mental é o mal do século. Através de uma pesquisa, 28 especialistas chegaram a conclusão que “as doenças como ansiedade e depressão aumentaram drasticamente nos últimos 25 anos” porém nenhum país tem combatido este mal de maneira eficiente. Declaram em um relatório a revista Lancet.

Saude MentalEstudo revela os impactos dos investimentos em saúde mental a nível mundial – Foto: Pixabay

E ainda disseram que essa falta de investimento das autoridades nesse aspecto, poderá custar caro, a médio prazo, para economia global. Mesmo com os gastos em terapias, remédios e assistência médica, a grande parte ainda é investida de maneira indireta. Isto é, em projetos, produtividade e legislação.

Essa estimativa de custos foi com base nos dados do Banco Mundial. As informações declaram a quantidade de pessoas em idade ativa sofrendo com problemas de saúde mental. Com investimento de maneira correta, conforme a pesquisa, poderia-se evitar 13,5 milhões de mortes por ano.

Veja mais sobre saúde em Propostas de saúde

Qualidade dos Serviços para Pessoas com Saúde Mental

A comissão ainda afirmou que “a qualidade dos serviços de saúde mental é rotineiramente pior do que aqueles destinados à saúde física”. Ou seja, não são oferecidos de maneira digna. Em algumas situações os paciente são torturados, algemados e sem tratamento garantido pelos direitos humanos.

Declararam também que em alguns países, “um grande número de pessoas trancadas em instituições psiquiátricas ou prisões ou vivendo nas ruas, muitas vezes sem proteção legal”. O que foi visto como situação de abuso por especialistas reunidos em uma cúpula em Londres.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os números são alarmantes. Em todo planeta, cerca de 300 milhões de pessoas sofrem de depressão, 50 milhões sofrem de demência. A esquizofrenia atinge 23 milhões e distúrbio bipolar perto de 60 milhões.

 

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *