O Presidente Eleito Jair Bolsonaro Fala ao Jornal Nacional

Nesta segunda-feira, (29), o presidente eleito Jair Messias Bolsonaro (PSL) foi entrevistado após a vitória nas urnas. Diante do editor chefe do Jornal Nacional, TV Globo, William Bonner e da jornalista Renata Vasconcelos respondeu algumas perguntas.

O 38º presidente eleito no Brasil, com 55,1% que totalizaram 57.797.847 dos votos, participou de forma breve, durante 12 minutos do JN.  Agradeceu a todos os eleitores, pela confiança e voto. E prometeu governar o país de acordo com a constituição.

Temas Importantes da Entrevista de Bolsonaro ao JN

Alguns temas mais revelantes foram citados durante a entrevista que o presidente eleito deu ao Jornal Nacional. Apesar de bem polêmicos, Bolsonaro pôde, após a campanha política, esclarecer de forma objetiva.

Presidente Eleito, Jair Bolsonaro no JNPresidente Eleito, Jair Bolsonaro no JN – Brasil 247

Primeiramente, o JN cede a oportunidade ao presidente para agradecer aos eleitores pela vitória.

“Eu quero agradecer a todos que votaram em mim, pelo apoio e pela confiança. Agradecer pelas orações também. […] nós tivemos uma bandeira baseado numa passagem bíblica: João 8:32 ‘Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará’. [..]”, declarou ele.

Em seguida, disse que irá direcionar seu governo pela Constituição e que ela deverá ser “realmente a nossa bíblia aqui na Terra. E respeitá-la, porque só dessa maneira podemos conviver em harmonia.”

Sobre a violência e homofobia, disse que em seu governo quem usar de “agressão contra seu semelhante, deverá ser punido na forma da lei”.

E que “tomou a fama” de homofóbico, quando foi contra a distribuição nas escolas de um kit gay. Composto por cartazes e livros demonstrando pessoas do mesmo sexo se beijando.

“Não poderia concordar com isso, e a forma como eu ataquei essa questão é que foi um tanto quanto agressiva, porque eu achava que aquele momento merecia isso.” Disse o presidente

Indagado sobre a imprensa, disse que é a favor da “liberdade da imprensa”. Contudo, ressaltou que a comunicação deve ser verdadeira e assim terá o apoio do seu governo.

Finalizando a entrevista, Bolsonaro falou para aqueles que não votaram nele.

“Quero dizer a todos vocês que não votaram em mim, que nós estamos no mesmo barco. Se o Brasil não sair dessa crise ética, moral e econômica, todos nós sofreremos as consequências do que se aproxima no futuro. Nós queremos é junto, junto com vocês.”

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *