Partidos Não Declaram Apoio aos Candidatos à Presidência no Segundo Turno

Após o resultado das urnas no primeiro turno das eleições, seguiram para o segundo turno na disputa para presidência do Brasil os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

Dos votos apurados válidos o candidato Bolsonaro, obteve 49,2 milhões de votos, ou seja, o percentual de 46,03% e Haddad, 31,3 milhões, 29,28%. Sendo assim, alguns partidos decidiram por aliança política à algum dos candidatos. Contudo, outros se colocam como “neutros” ou “isentos” no que diz respeito ao segundo turno das eleições.

Veja Como Alguns Partidos se Decidiram para o Segundo Turno

Alguns dos partidos declararam claramente o apoio a um dos candidatos a presidência. Porém, alguns optaram por permanecerem ‘neutros’ ou liberam seus filiados para votaram em qualquer dos candidatos de acordo com a própria escolha.

Jair Bolsonaro X Fernando HaddadJair Bolsonaro (PSL) X Fernando Haddad (PT) – Jornal do Commercio

Sendo assim, vejamos as declarações de alguns dos partidos:

NOVO: Declarou que não irá apoiar nem Bolsonaro em Haddad. E ainda afirmou em nota que o PT tem “idéias contrárias as nossas” , se referindo as idéias do partido Novo.

PATRIOTA: Partido do candidato Cabo Daciolo, não irá apoiar nenhum dos candidatos no segundo turno.

PDT: Partido do candidato a presidência Ciro Gomes, que ocupou o terceiro lugar nas urnas no primeiro turno, com 13,3 milhões de votos. Declarou apoio ‘crítico’ ao candidato Haddad.

PPL: Declarou em nota apoio ao candidato Haddad. Partido que concorreu no primeiro turno através da pessoa de João Goulart Filho. O mesmo citou que o Brasil corre ” grande risco” caso o candidato Bolsonaro seja eleito no segundo turno das eleições.

PPS: Fará oposição as duas candidaturas.

PSDB: O partido que no primeiro turno concorreu com Geraldo Alkimim, liberou seus filiados para votação em qualquer um dos candidatos. Se declarando neutro diante do apoio a qualquer dos dois partidos, PSL ou PT, nas eleições do segundo turno.

PTB: Declarou apoio à Bolsonaro, devido as propostas econômicas do candidato do PSL.

REDE SUSTENTABILIDADE: Através da pessoa de Marina Silva, concorreu a presidência no primeiro turno das eleições. Após a derrota, o partido aconselhou seus filiados a não votarem em Jair Bolsonaro. Contudo , também não declarou apoio a Fernando Haddad.

Veja mais sobre as eleições 2018 em Candidatos a Presidência

E ainda os partidos DC, DEM e PODEMOS se declaram ‘neutros’ no segundo turno das eleições a presidência.

 

 

 

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *