Propostas de Bolsonaro e Haddad para o Brasil

As eleições 2018 estão chegando ao fim e temos Jair Bolsonaro na frente das pesquisas, porém a maioria do eleitorado do capitão sequer sabe quais são as suas propostas para o Brasil.

Da mesma forma acontece com Fernando Haddad do PT, que tem milhares de eleitores fanáticos pelo PT e Lula, porém mal sabem o que o PT articula para a nação brasileira em termos de propostas políticas.

São várias propostas, entre elas a mais conhecida de Jair Bolsonaro, que seria a legalização do porte de arma, defendendo assim a livre proteção do cidadão de bem, frente a criminalidade que não para de crescer.

Bolsonaro e Haddad Posição sobre as Privatizações

Como de costume, os dois candidatos a presidente do Brasil em 2018, são totalmente contrários, quando o assunto é a privatização de empresas estatais.

Jair Bolsonaro deseja extinguir ou privatizar várias empresas brasileiras, principalmente aqueles que trazem maior oneração ao Estado e pouco retorno para a população.

Por outro lado, o candidato do PT Fernando Haddad fala em suspender as privatizações, principalmente das empresas de maior porte, ou em sua fala, aquelas que nível estratégico.

Bolsonaro ainda salientou que não pretende privatizar o Banco do Brasil, Caixa Econômica, Eletrobrás e nem o Banco do Nordeste. Mas ponderou a privatização de pequenas empresas para gerar fluxo de caixa e pagar dívida da União.

O seu concorrente Haddad do PT não pretende privatizar nada, até porque o plano do Partido dos Trabalhadores é ter todo o Estado em seu comando e não fazer uma política liberalista. Porém temos que lembrar que, quanto maior for o Estado, menor será o poder de ganho do povo…

Veja também, Dólar cai e Bolsa de Valores sobe depois da última pesquisa para presidente do Brasil…

De acordo com o portal G1, o Brasil tem hoje 144 empresas estatais, delas 97 têm o chamado “controle indireto” do governo e outras 47 estão sob controle direto da União. Dentre estas, 29 registram lucro e são classificadas como “não dependentes”.

Se Bolsonaro ganhar as eleições 2018, deve aplicar uma política bem semelhante a de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, com um tom bem liberalista, apoiando o livre comércio. Porém não será tão fácil aprovar as leis e privatizações por aqui, uma vez que o PT tem quase a metade do Senado e boa parte da Câmara dos Deputados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *