Trump Pretende Acabar com a Cidadania Por Nascimento

O presidente dos EUA pretende acabar com a cidadania por nascimento. Em entrevista a um programa americano, nesta terça-feira (30), ele disse que irá assinar um decreto impedindo a concessão ao direito de cidadão para os filhos de imigrantes ilegais, nascidos no país.

Com isso, ele irá criar uma alteração na lei americana por ordem executiva. E assim, a lei deixará de “proteger” imigrantes ilegais que se respaldam na lei, evitando a deportação.

Trump Determina Ações Contra Imigrantes Ilegais

De acordo com 14ª emenda da Carta Magna, “todas as pessoas nascidas ou naturalizadas nos Estados Unidos, e sujeitas, portanto, à sua jurisdição, são cidadãos dos EUA e do Estado no qual residem”. No entanto, o presidente esta terminantemente decidido a mudar essa história.

“Nós somos o único país do mundo onde uma pessoa chega, tem um bebê e essa criança é, essencialmente, uma cidadã dos Estados Unidos da América durante 85 anos com todos os benefícios”, afirmou ele. “É ridículo. E tem que acabar”, declarou Trump.

Presidente Donald Trump EUA Presidente Donald Trump EUA – Varela Notícias

E completou: “Sempre me disseram que seria necessária uma revisão constitucional. Adivinhem? Não é (necessário)”.

Contudo, ao avaliarem o cenário, especialistas dizem que o presidente poderá enfrentar uma batalha de processos judiciais. Relativos a autoridade de Trump em atuar com o Executivo para mudanças de grande amplitude.

Trump e Os Imigrantes que Seguem Rumo a Fronteira Americana

Ainda referente aos imigrantes, Trump resiste a entrada de mais de 7.000 pessoas que seguem no caminho da fronteira com os EUA.

Refugiados, devido situação de fome e falta de emprego em busca de uma condição melhor para viver. Partiram a semanas de Honduras, passando pelo México, seguem em situação de crítica e com necessidades básicas.

Contudo, 5.200 militares armados, ficarão a postos na fronteira dos EUA com o México, para impedir a entrada da multidão de maneira ilegal no país.

Trump aconselhou a caravana: “Por favor, retornem, não serão admitidos nos Estados Unidos a menos que passem pelo processo legal. Isto é uma invasão do nosso país e nossos militares os estão esperando!”

Juliangela Pereira

Juliangela Pereira

Brasileira, casada, formada em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade Pitágoras BH. Atuo como redatora de conteúdo, levando a informação de forma rápida, clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *